Trilha Solar 3 – O painel solar

Bem vindo à Trilha Solar! A série que ensina os passos necessários para começar a gerar energia em sua residência ou empresa. Neste artigo explicaremos os componentes do painel solar e e suas funções. Também falaremos sobre sua manutenção, durabilidade e garantias.

O painel solar contém as células de silício que são responsáveis por converter a irradiação solar em energia elétrica, sendo gerada em corrente contínua para depois ser convertida em corrente alternada pelo inversor.

Para saber mais sobre como funciona o sistema fotovoltaico acesse o primeiro artigo da série Trilha Solar.

Trilha Solar 1 – Como funciona a energia solar fotovoltaica

Os painéis solares fotovoltaicos são montados com uma moldura de alumínio e possuem uma camada de vidro temperado, células de silício interligadas, um encapsulante chamado de EVA (etileno acetato de vinilo – Ethylene Vinyl Acetat), um filme plástico branco que vai ao fundo do painel e a caixa de conexão conectada atrás do painel solar.

Neste artigo falaremos sobre cada um destes componentes:

componentes do painel solar

Componentes do painel solar –  Fonte: Portal Solar

Células de Silício

As células são os elementos capazes de realizar a conversão da energia proveniente do sol em energia elétrica. Elas são primeiramente feitas em lingotes de silício cristalino, para depois serem tratadas. No mercado estão disponíveis alguns tipos de placas com silício tratado de formas diferentes, as mais utilizadas e produzidas em larga escala são as células de silício monocristalino e as células de silício policristalino.

celulas de silicio

 

Células de Silício Monocristalino

As placas solares fotovoltaicas que são feitas de silício monocristalino tem uma eficiência maior do que as outras, devido ao seu modo de purificação. Elas são encontradas em formato diferente das outras pois os lingotes de silício são retirados de um forno em forma de cilindro, por isso as bordas são recortadas, sendo a sua cor uniforme.

Células de Silício Policristalino

As células de silício policristalino são menos eficientes que as monocristalinas. Atualmente são as mais utilizadas nos sistemas fotovoltaicos devido ao seu custo-benefício. Elas são quadradas, pois possuem um processo de fundição diferente e são retiradas em blocos quadrados do forno e não possuem uma cor uniforme, sendo possível ver alguns tons de cor diferentes nas células.

monocristalino X policristalino

Painel Monocristalino X Policristalino – Fonte: Energias Renovables y Limpias

 

Moldura de alumínio

O alumínio precisa ser de boa qualidade e anodizado, para evitar torções no painel e não haver quebra ou trinca nas células de silício. A moldura também aumenta a resistência dos painéis contra as condições climáticas.

moldura do painel solar

 

Vidro temperado

O vidro presente no painel solar fotovoltaico possui uma qualidade e um tratamento diferente dos vidros temperados que são encontrados em vidraçarias. Eles são resistentes as condições climáticas extremas, como por exemplo chuvas de granizo. Ao mesmo tempo possuem um baixo índice de reflexão, deixando passar o máximo de luz solar e mantendo a eficiência do painel.

vidro do painel solar

 

Encapsulante – EVA

Este encapsulante é responsável por proteger as células de silício,  protegendo-as contra as variações da temperatura, humidade e o envelhecimento causado pelos raios ultravioleta (UV).

Encapsulante do painel solar

 

Filme plástico branco – Backsheet

O filme plástico, conhecido como Backsheet, vai ao “fundo” do painel solar, garante o isolamento elétrico e é mais um componente feito para a proteção das células de silício.

Backsheet do painel solar

 

Caixa de conexão

Ela é instalada atrás do painel, nesta caixa estão os diodos chamados de by-pass. Eles garantem que o painel irá estar protegido fazendo com que a energia flua em somente um sentido, sem deixar que ela retorne para o painel podendo danificá-lo. Também é onde ocorre a conexão entre as “fileiras” de células, conhecidas como strings. É muito importante que ela tenha um grau de proteção que seja no mínimo IP65, que é a proteção contra entrada de poeira e infiltração de água em forma de jato.

caixa de juncao do painel solar

 

Manutenção dos painéis

Os painéis necessitam de uma manutenção muito simples: apenas limpeza com água. Normalmente, boa parte da limpeza é feita apenas com a água das chuvas. No entanto, é necessário verificar periodicamente se os painéis estão sujos, com folhas de árvores ou sujeira de animais.

Garantias dos painéis

A maioria dos fabricantes dão uma garantia de performance de 25 anos para os módulos. Nesse tipo de garantia os painéis devem manter pelo menos 80% da sua capacidade de geração até 25 anos.

Contra defeitos de fabricação, a maioria dos fabricantes dão 10 anos de garantia.

Deseja saber mais informações sobre os painéis solares? Entre em contato com a equipe da Bravo. Teremos satisfação em atendê-lo.

No próximo passo da Trilha Solar falaremos sobre o inversor solar. Qual o inversor adequado para seu projeto, quanto custam, quais são os principais fabricantes, tempo de vida útil, manutenção e muito mais.

Reduza até 99% na sua conta de luz!

Você também poderá gostar de…

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.