Energia solar no Paraná: porque investir

Se você tem dúvidas se deve ou não investir na energia solar no estado do Paraná, você deve conferir este artigo. Vamos te mostrar porque investir em energia solar em Maringá e região é uma excelente ideia. Confira!

Panorama da energia solar fotovoltaica no Paraná

Posicionado no 5º lugar do ranking estadual de geração distribuída segundo a Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) e a Associação Brasileira de Energia Solar Fotovoltaica (ABSOLAR), o Paraná responde sozinho por 6,1% de todo o parque brasileiro de energia solar distribuída.

O estado já soma 284,6 megawatts (MW) em operação nas residências, comércios, indústrias, propriedades rurais e prédios públicos. Sendo assim, o estado configura-se como um dos principais geradores de energia fotovoltaica do Brasil, principalmente em cidades como Curitiba (844 instalações), Maringá (666), Cascavel (648) e Maringá (615).

Nosso estado possui 18.509 conexões operacionais, espalhadas por 385 municípios, ou seja, aproximadamente 96,5% dos 399 municípios do Paraná. Atualmente, são cerca de 19.048 consumidores de energia elétrica que já contam com redução na conta de luz e maior autonomia e segurança elétrica.

Potencial de energia solar no Paraná

O estado do Paraná conta com uma média de 1.986 kWh/m² ao ano e, embora não possua um dos melhores potenciais energéticos do país, a região ainda gera energia pela luz solar de forma eficiente. 

E na nossa região não seria diferente, a geração de energia solar em Maringá atende à demanda de diversas residências, estabelecimentos comerciais, indústrias e, até mesmo, propriedades rurais.

Vantagens do uso da energia solar em Maringá e região

Entre as inúmeras vantagens do uso da energia solar fotovoltaica em sua casa ou empresa, podemos destacar: 

  • A energia solar é um recurso totalmente renovável e sustentável: a luz do sol é uma fonte de energia constante e consistente, além de limpa, já que não emite poluentes nem utiliza matérias-primas escassas na natureza. 
  • A energia solar é silenciosa: ela contribui para a diminuição da poluição sonora, uma vez que seu funcionamento não produz ruídos desagradáveis, tais como a energia eólica, por exemplo.
  • Baixo custo do sistema fotovoltaico considerando-se a sua vida útil: considerando o investimento no momento da compra e instalação do sistema fotovoltaico somado a mínima manutenção ao longo de toda a sua vida útil (aproximadamente 25 anos) e o total de energia gerada ao longo dos anos, fica claro que a energia solar é mais barata do que a energia comprada da distribuidora.
  • As placas solares são resistentes: o sistema é extremamente resistente aos danos causados pela ação da natureza como chuvas, ventos ou até mesmo granizo.
  • O sistema fotovoltaico quase não precisa de manutenção: os painéis fotovoltaicos, quando bem instalados, podem durar mais de 25 anos apenas com uma limpeza semestral e a manutenção elétrica precisa ser realizada apenas uma vez ao ano. 
  • Painéis fotovoltaicos são fáceis de instalar: apesar de exigir mão de obra qualificada, em 2 ou 3 dias, o seu sistema de energia solar em Maringá já estará montado e gerando energia para a sua empresa ou residência. 
  • A energia solar pode ser usada em áreas isoladas da rede elétrica: ela é muito mais barata que geradores a diesel ou óleo combustível.
  • Ocupa pouco espaço: os painéis solares não demandam a ocupação de grandes áreas, e é possível atingir níveis de eficiência acima de 20% por conta de sua modernidade e flexibilidade.
  • O sistema de energia solar tem uma longa vida útil: um sistema solar fotovoltaico possui mais de 25 anos de vida útil, gerando energia elétrica limpa, sustentável e de qualidade, sem prejudicar o meio ambiente.
  • Valorização do seu imóvel: os imóveis que geram energia limpa e soluções ecológicas, como a instalação de energia fotovoltaica, podem ter uma valorização no valor de 10% a 30%.
  • Valorização do seu negócio: as empresas adeptas à energia solar ganham um Selo Solar e são reconhecidas por mostrar que apostam em uma energia limpa e renovável, além de se posicionarem como promotores da causa.

Energia solar em Maringá é investimento

Sim! Isso mesmo que você leu! A instalação de energia solar faz com que você consiga cortar ou diminuir abruptamente uma despesa recorrente, qual seja, a conta de luz. Ou seja, é como se o dinheiro aplicado na compra dos equipamentos estivesse “rendendo”.  

E outra: mesmo usando um imóvel de aluguel, é possível economizar com a energia solar, já que você pode  instalar o sistema fotovoltaico on-grid em qualquer lugar e, por meio do registro do seu CPF ou CNPJ utilizar o que é gerado em outro lugar. Afinal, a eletricidade produzida por meio dos seus painéis de energia solar irá resultar em créditos que a companhia de energia registrará no seu nome ou da sua empresa. 

Para saber mais sobre esse assunto, confira nosso artigo Regulamentação dos créditos de energia solar.

Empresa de energia solar em Maringá

Porém, para que o investimento em energia solar tenha o retorno desejado, é importante que você procure uma empresa especialista no assunto. Somente uma empresa com profissionais altamente capacitados podem te ajudar na instalação correta dos equipamentos e também na regularização de toda a documentação junto a COPEL. 

E se você procurar uma empresa de energia solar em Maringá e região, conte com a Bravo Energia.

Nossa equipe, formada por profissionais experientes e capacitados, desde 2014 já instalou mais de 300 projetos. Assim, se você busca uma empresa sólida, de qualidade e com um valor justo, está no lugar certo.

A Bravo Energia ajuda empresários a tornarem suas empresas mais sustentáveis financeira e ecologicamente, reduzindo custos e aumentando a eficiência através de soluções de energia solar.

Gostou? Agora que você já sabe um pouco mais sobre  a energia solar em Maringá,  converse com um dos nossos especialistas para esclarecer todas as suas dúvidas e, claro, faça uma simulação para descobrir o quanto poderá economizar com a energia solar. Clique AQUI e simule! Teremos prazer em atendê-lo!

Carlos Bomfim

Carlos Bomfim

Últimos artigos